Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linguagista

Tradução: «Doctor of Divinity»

D. D.

 

      Claro que não posso remeter este tradutor para o rabino americano Henry I. Sobel — nascido em Lisboa e radicado no Brasil, que fez coisas boas, mas que a posteridade talvez lembre apenas por ter sido preso por furtar gravatas de luxo numa loja Louis Vuitton em Palm Beach —, que escreveu: «Muito tempo depois, em 1995, eu apresentaria ao seminário um novo trabalho, O conceito do mal na filosofia de Martin Buber, que me daria o título de Doctor of Divinity. Não sei exatamente qual a tradução, mas trata-se de um título honorífico, semelhante ao de doutor honoris causa, em Teologia» (Um Homem, Um Rabino, Ediouro, 2008, p. 32). O tradutor verteu, simplesmente, por «Doutor em Divindade». O Dicionário de Inglês-Português da Porto Editora opta por «doutor em teologia», mas se é – fui verificar, não estou a pô-lo como hipótese – um título honorífico, não convém confundi-lo, pô-lo a par de um grau académico. O tradutor tem razão.

 

[Texto 7541]

Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.