Tradução: «drugstore»

A palavra pesquisada, etc.

 

 

      «Tinha chegado a Sainte-Justine quando a aldeia estava a começar a acordar e a bulir e pedira um café e um dónute na drugstore com os primeiros clientes antes de apanhar o primeiro autocarro para Montreal» (Inquietude, William Boyd. Tradução de Inês Castro. Cruz Quebrada: Casa das Letras, 2008, 2.ª ed., pp. 275-76).

      Por um lado, soube evitar o donut, o que vejo pela primeira vez, mas, por outro, achou insubstituível drugstore. Eu nem sei o que é um drugstore; «drogaria», como vejo em vários dicionários bilingues, não me parece. No Merriam Webster lê-se que é «a store that sells medicines and various other produts (such as newspapers, candy, soap, etc.)». Ali na Fernão Lopes, ao Saldanha, havia (há?) um Drugstore Saldanha, mas seria apenas o nome. No Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, o verbete «dónute» remete para... «donutx»! Clicamos nesta palavra e surge a mensagem: «A palavra pesquisada não foi encontrada». Pudera.

 

[Texto 4093]

Helder Guégués às 13:28 | favorito