Tradução: «especiado»

Agora em português

 

      «E, porque o ano foi fresco, apresenta-se “especiado, resinoso e mais balsâmico, com algumas notas florais e uma nota de mineralidade muito forte”, segundo o enólogo Luís Sottomayor, que o criou [vinho Cortes de Cima Amphora]» («Trio singular», Visão, 16-22.05.2019, p. 109).

      Acontece que especiado é castelhano, é o particípio do verbo especiar, «añadir especias a una comida». Em português dir-se-á então «condimentado», quando não «picante». Depois de alguém o usar, no âmbito da enologia, pela primeira vez, fosse por presunção, fosse por ignorância de que não era português, caiu no goto.

 

[Texto 11 598]

Helder Guégués às 10:02 | favorito
Etiquetas: ,