Tradução: «fringe»

Menos palavras

 

 

      «– Exacto. Não sabes o que és, por isso queres ser judeu. A seguir, vais começar a usar faixas franjadas [fringes] e vens dizer-me que te ofereceste como voluntário para pilotar os caças israelitas contra o Hamas» (A Questão Finkler, Howard Jacobson. Tradução de Alcinda Marinho. Porto: Porto Editora, 2011, 2.ª ed., p. 87).

   Basta dizer «franjas», nem mais uma palavra. «Quando levantou o braço, julguei distinguir na sua manga outras filactérias de couro; e por debaixo do seu casaco, aquilo não eram as franjas brancas disso a que os judeus chamam o pequeno talit que despontavam?» (As Benevolentes, Jonathan Littell. Tradução de Miguel Serras Pereira. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 2007, p. 427). Pequeno talit, ou tsitsit, que se usa debaixo da camisa durante o dia.

 

[Texto 4571] 

Helder Guégués às 09:18 | favorito
Etiquetas: