Tradução: «furniture storehouse»

Ficamos com ela

 

 

      Antes de ir viver para o estrangeiro, pôs todo o recheio do apartamento num furniture storehouse. O tradutor verteu para «guarda-móveis». O problema é que o termo – que designa o estabelecimento onde se depositam móveis mediante pagamento – só se usa no Brasil. Outro problema, talvez maior, é nós termos uma designação equívoca para o mesmo: armazém de móveis. Os Franceses têm um termo semelhante, garde-meuble(s), tal como os Espanhóis têm guardamuebles. Parece que a escolha está feita. Por acaso temos um arcaísmo, reposte, que era a casa para guardar móveis, e que podia servir, mas mais expressivo do que «guarda-móveis» parece-me impossível.

 

[Texto 4411]

Helder Guégués às 16:42 | comentar | favorito
Etiquetas: ,