Tradução: «gloria»

Todos quentes

 

    Julio Martínez Almoyna fingiu que não conhecia a palavra. Álvaro Iriarte Sanromán deixou-se disso, mas também não ajudou muito: carajillo é carajillo. Mas diz-nos como se prepara: «bebida que se prepara misturando uma bebida alcoólica forte ao café quente». Rum, aguardente... Será o nosso café com cheirinho? É também assim que o Dicionário de Francês-Português da Porto Editora traduz a gloria francesa: «liqueur chaude composée de café, de sucre et d’eau-de-vie ou de rhum». É o remate de um bom repasto, como a glória é o remate de um salmo.

 

[Texto 6876]

Helder Guégués às 17:03 | favorito
Etiquetas: ,