Tradução: «requirement»

É desta que vamos aprender?

 

      «Até agora, a CEU cumpriu todos os requerimentos, abriu um campus nos Estados Unidos, mas o Governo ainda não assinou o acordo que lhe permitiria continuar a funcionar na Hungria, nem lhe comunicou se poderão existir requerimentos adicionais» («Eu estou com a CEU», Andrea Pető, Professora na Universidade Centro-Europeia, Budapeste, Público, 25.11.2018, p. 30).

      Será que o texto foi escrito pela Prof.ª Andrea Pető directamente em português? Não me parece. O mais provável é tratar-se de tradução, mas os nossos jornais têm o mau hábito de não indicarem quem faz a tradução. Seja como for, temos ali um erro repetido — erro para o qual já chamei a atenção noutras ocasiões —, um falso cognato mal traduzido. O inglês requirement, neste contexto, traduz-se por «requisito», «exigência», «condição», e não por «requerimento».

 

[Texto 10 350]

Helder Guégués às 12:13 | comentar | favorito | partilhar
Etiquetas: ,