Tradução: «time-share»

Pois é

 

 

      «Pouco depois de terem comprado Hilltop House, Simon desbaratara mil e duzentas libras, as quais Ruth contava usar para comprar cortinas e tapetes, num esquema de férias em regime compartido [time-share scheme] dirigido por um velho conhecido seu de Yarvil, um sujeito cheio de ostentação e trapaceiro» (Uma Morte Súbita, J. K. Rowling. Tradução de Alberto Gomes, Manuel Alberto Vieira, Marta Fernandes e Helena Sobral. Queluz de Baixo: Editorial Presença, 2013, p. 58).

      Pode não ser a melhor, mas é uma forma corajosa de acabar com o anglicismo. Repare-se que, para o Dicionário de Inglês-Português da Porto Editora, time-sharing se traduz por... time-sharing. Pois é. Comparada com esse deslouvável deixa-andar, qual é a solução que não é melhor?

 

[Texto 4012] 

Helder Guégués às 12:14 | favorito