Tradução: «town»

Não exagerem

 

      «Plains é uma cidadezinha minúscula, duas horas a sul de Atlanta, na Georgia, e está bem inscrita num cenário agrícola onde se cultiva milho e amendoins. Não se passa muito mais em Plains. A taxa de pobreza é, creio, à volta de 40%, portanto quase metade da população vive com dificuldades e sofrendo de algum tipo de pobreza. A população é de 700 pessoas. É uma cidade muito pequena [diz o jornalista Kevin Sullivan]» («“Jimmy Carter prova que a decência conta”», José Bastos, Rádio Renascença, 30.03.2019, 8h43).

      Uma cidadezinha minúscula, com 700 habitantes... Temos aldeias (já tivemos mais) com mais de 700 habitantes. Sim, é uma town. A questão é se devemos traduzir o termo por «cidade». Inequivocamente cidade, e cidade grande, é a city. «Plains, Georgia, home of Jimmy Carter, our 39th president.» Este acaso e o Festival do Amendoim de Plains são os únicos factos a pô-la no mapa. Meia dúzia de ruas e — zumba, é uma cidade. Uma cidadezinha minúscula. Que diabo, porque não traduzir então por «vilazinha»?

 

[Texto 11 077]

Helder Guégués às 18:01 | comentar | favorito
Etiquetas: ,