Tradutores, precisam-se

Mais trapalhadas com o inglês

 

      Mais um erro de tradução a ensombrar o Sínodo dos Bispos sobre a Família, que terminou este domingo. A versão inglesa (não oficial) do relatório intercalar, no ponto 50, sobre os homossexuais, dizia: «Are our communities capable of providing that, accepting and valuing their sexual orientation.» Não fazia sentido (era passar de 8 para 80), mas como o inglês impera, foi desta versão que a comunicação social em todo o mundo extraiu as suas precipitadas conclusões. Na versão italiana do documento, lê-se: «Le nostre comunità sono in grado di esserlo accettando e valutando il loro orientamento sessuale, senza compromettere la dottrina cattolica su famiglia e matrimonio?» E valutare, neste contexto, traduz-se por «ter em conta», não «valorizar».

 

[Texto 5173]

Helder Guégués às 19:52 | favorito
Etiquetas: