Uma coisa em forma de assim

O rigor habitual

 

      «Quatro crianças morreram esta quinta-feira, na Holanda, numa colisão entre um comboio e o carrinho elétrico em que seguiam, conduzido por um supervisor. [...] O primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, está “profundamente impressionado” com o “acidente horrível” em que um comboio colidiu com uma bicicleta que transportava crianças para a escola num atrelado, provocando a morte a quatro delas» («Tragédia na Holanda. Quatro crianças morrem em passagem de nível», Rádio Renascença, 20.09.2018, 16h15).

      Ficamos sem saber exactamente de que veículo se trata. Na TSF, conseguiram piorar: «Na Holanda, as bicicletas munidas de grandes atrelados de madeira instalados à frente do guiador do ciclista são muito populares» («Quatro crianças morrem em colisão entre comboio e bicicleta na Holanda», TSF, 20.09.2018, 10h22). Logo de madeira, nos tempos que correm. Então não. Pois bem, de bicicleta não tem nada. Nem de madeira. «Elektrische bolderwagen», chama-lhe o De Telegraaf, que mostra um veículo semelhante ao que podem ver aqui (imagem daqui: https://sqoot.nl/voertuigen/stint/).

 

[Texto 9954]

Vagão.jpg

 

Helder Guégués às 18:30 | favorito
Etiquetas: ,