«Vale a pena»

Com menos caracteres

 

      «Ainda sobre a sofrida, sofridíssima vitória do Sporting na final da Taça de Portugal contra o Braga, temos hoje dois textos que valem a pena ser lidos» («SCP — Sofrimento Clube de Portugal», Martim Silva, Expresso Diário, 1.06.2015).

      É evidente que «pena» não é o sujeito de «valer», mas, ainda assim, a tendência é para usar a locução como invariável. No caso, devia dizer-se, evitando a voz passiva: «Dois textos que vale a pena ler.»

 

[Texto 5932]

Helder Guégués às 21:02 | comentar | favorito
Etiquetas: ,